Andaluzia Compromisso Digital Sobre As Novas Tecnologias, A Por volta de 3.000 Jiennenses Em Sessões Personalizadas 2

Andaluzia Compromisso Digital Sobre As Novas Tecnologias, A Por volta de 3.000 Jiennenses Em Sessões Personalizadas

Portanto, conforme foi valorizada com a delegada, promove “uma sociedade igualitária, em que todos possam formar, consultar e usar o detalhe e a compreensão, seja qual for o teu nível económico, cultural ou social”. Andaluzia Compromisso Digital faz uma ampla gama de ações de criação e de sensibilização dirigidas a solucionar as suas necessidades em matéria de TIC para pessoas individuais ou coletivos. Sublinhou que este programa é possível “pelo envolvimento de pessoas, corporações e instituições comprometidas com o avanço pela inclusão social e digital”.

a partir de julho de 2016 até sem demora, que a Cruz Vermelha santa maria acaba de iniciar uma nova etapa do programa, foi gerado 6.186 acompanhamentos digitais e desenvolveu 67 jornadas de sensibilização para um total de 2.558 beneficiários, entre eles 843 escolares. Por tua vez, por este tempo, os 6 municípios relataram 25 cursos presenciais para em torno de 350 pessoas. A delegada tem finalizando, destacando os “relevantes e variados conteúdos destas atividades, que são de vasto utilidade para os usuários”.

  • 8 Dificuldades na colocação
  • É necessária a auto-crítica? Em caso afirmativo, como você faria, em que se dedicaria
  • Possibilidade de enriquecimento do texto por intermédio de ligações multimédia
  • dois CID-10 (Fobia social)
  • MDL-45515 – Novos recursos pra editar tabelas no Editor Atto

o modo de cura são capazes de ser classificados de muitas fases que se seguem de modo cíclica. Existem diferentes modelos que expressam o estágio de cura, como o padrão que elaborou DCC (Higgins, 2008), utilizado pra atualização docente. 1. Conceituação: exerce-se o planejamento da cura. 2. Criação e recepção: acrescenta a formação de metadados e a infraestrutura e instaura as fontes para a obtenção de informações em atividade daqueles. 3. Avaliação e seleção: avalia-se a informação recolhida e selecionar o que se quer conservar a comprido tempo. 4. Conversão: se transferem as informações em um ambiente como um repositório ou arquivo.

5. Preservação: oferece-se a preservação da fato como esta de se adquiriu a limpeza, validação e atribuição de metadados de preservação. 6. Armazenamento: trata-se de salvar o dado de acordo com os padrões instituídos para esses efeitos. 7. Acesso, emprego e reuso: é assegurada a acessibilidade posterior da fato. 8. Transformação: construção de novas infos através da original. Wolff e Mulholland (2013) lista as etapas de um modo curatorial utilizando o conteúdo da internet. Pesquisa: seleção de um equipamento de aprendizagem e descrição dos limites da tarefa.

Selecção e recolha: filtragem de recursos pra remover conteúdos inadequados, não consideráveis ou irrelevantes. Interpretação de tema individual: identificação dos pontos de saída de cada material selecionado. Interpretação transversal: notas a partir de uma probabilidade integral, encontrando as relações que articulam conteúdos e anotações. Organização: do conteúdo e das anotações, com vistas à montagem de um roteiro compreensível que aborde o objeto de aprendizagem. Narração: exibição a uma audiência, por intermédio de um meio.

Pesquisa / recuperação: recurso em que a audiência participa de uma construção narrativa colaborativa com base no repercussão antecipadamente curado. Inclui uma fase reflexiva, em que o autor pode reescrevê-lo para aprimorar a sua clareza sobre o equipamento. Por outro lado, Bhargava, R. (2011) explica, a partir de seu ponto de visibilidade, cinco modelos de cura possíveis pela formação ou narração de recentes dicas por intermédio do original (The 5 models of content curation. 1. Agregação: Consiste em englobar o detalhe mais grave a respeito de um cenário específico em uma mesma publicação ou plataforma.

2. Destilação: trata-Se de ver uma ou mais sugestões para fazer uma exibição mais claro e unificada de todas as idéias principais com competência crítica. 4. Mashup: Consiste pela união de conteúdos selecionados para gerar um novo conteúdo com um ponto de vista mais ou menos original. É considerado porção do recurso criativo e indispensável pra inovação. Se bem que os 3 primeiros pontos são parelhos aos modelos e metodologias apresentadas, o ponto quatro “Mashup” e 5 “Cronologia” que contribuem pras propostas anteriores duas técnicas recentes.

da mesma forma, A fase oito do passo explicado por DCC, transformação, podes ser seguido pelos modelos de Bhargava. Existem hoje diversas ferramentas que facilitam a arrecadação, filtragem e organização de fato para compartilhá-la com outros. Normalmente é uma prática muito difundida dentro do mundo empresarial. Se bem que, a cada dia, mais usuários de Internet utilizam esta técnica pra fazer um exercício da detalhes mais produtivo.

Estas ferramentas também se integraram mais rápido ao âmbito educacional. Ao meditar sobre este estilo, estas ferramentas não apenas facilitam a recuperação de conteúdos que poderá fazer o professor, também desenvolvem competências informacionais voltadas pra atividades de pesquisa. Uma característica dos modelos citados previamente, é que não estão sujeitos a nenhuma ferramenta em característico, podendo ser atingido com uma ou numerosas ferramentas de modo cíclica, até ao desenvolvimento de todas as fases do método. Assim, podemos rotular estas ferramentas de acordo com a atividade primária que possuíssem. Diigo cria conexões sociais baseadas nas preferências do tipo de dica, facilitando intercâmbios intelectuais de maior propriedade.

Zotero arrecadação, organiza, encontro e partilha as referências de busca. Gestor de citações bibliográficas, que tem êxito como um complemento do Firefox ou como um aplicativo independente em sua versão mais recente. Bundlr é uma ferramenta voltada pra cura online. Recorte, agrega e distribui conteúdos da internet. Também cria pacotes de postagens, fotos, vídeos, tweets e hiperlinks. Cobre notícias de referências em tempo real.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error:
Rolar para cima