"Eu Tenho Um Currículo Atleta Magnífico, Mas Inexistente No Trabalho" 2

“Eu Tenho Um Currículo Atleta Magnífico, Mas Inexistente No Trabalho”

Acaba de anunciar a sua retirada do atletismo profissional, a primeira mulher, e de momento, a única que conseguiu uma medalha olímpica pro atletismo português. Se, dizem, o atletismo é o esporte rei da citação olímpica, tua bronze nos 20 km marcha de Sydney, em 2000 tem um valor mais especial ainda pro esporte estadual em seu conjunto. Em uma modalidade especial.

A dúvida da retirada a levava a meditar muito tempo, entretanto eu não terminava de pôr uma data concreta. Por que o instante do adeus é este e não outro, seja antes ou depois? A verdade é que a questão da retirada a levava a meditar longo tempo, contudo eu não terminava de botar uma data concreta. “Até nesse lugar”. Um dia, em pleno treino, parei de golpe.

Não queria prosseguir. Eu não era o que eu estava fazendo. Não me divertia como antes. Animicamente não era o mais incrível instante. Quase três décadas de atletismo são diversos anos pra romper com este esporte. Mantém vínculos. É a hora de devolver o recebido, mas com mais intensidade? Sim, é verdade que tenho o meu clube, porém é alguma coisa artesanal, sem uma suporte, por assim manifestar sólida. E bem como que eu estou treinando pra uma criancinha já que ela aprecia marcha e divirta-se com isto. Mas não são projetos como tais.

Depois de 27 anos sei qual será a marcha. E eu não irei romper com o esporte. Mas eu não irei ir a pé mais. Procuro uma troca. Tenho novas preocupações. Me chama muito o universo da boniteza. Mas experiência, zero. É desta maneira. Eu tenho um currículo como atleta magnífico. Mas inexistente no serviço. Se você gostaria de acompanhar em alguma atividade relacionada com o esporte, esse currículo valeria perfeitamente, teria o teu valor. Mas isto não é o que eu desejo.

a Minha tristeza é outra. E eu desejo tentar a tua sorte. Já fez alguma entrevista e entrou em um processo de seleção. Vamos olhar como avança tudo. Levou um tempo a incorporar o que ia acontecer no momento em que chegasse esse instante. É certo que está o PROAD do Conselho Superior de Esportes para proteger nessa “volta à realidade” pros atletas de alto nível, todavia entrar no mundo de trabalho não é nada simples. E menos nestes tempos.

, E nem ao menos aspiro, nem desejo que me dêem um recinto sem fazer nada ou sem saber fazê-lo. Não. Isso não vai comigo. Entendo que chega uma fase difícil. Ou, ao menos, que é inteiramente distinto do que eu venho fazendo em minha vida até já. Mas o giro de 360 graus. Eu treinava sozinha e ao ar livre; eu não gostava de exercitar-me coberto.

Após vinte e sete anos entrenándome no exterior me custa refletir numa jornada dentro de um escritório. Eu não estou reclamando, claro. Porque ao conclusão, durante todos esses anos, eu tenho feito o que queria fazer. E isto é deslumbrante. Bem, sim, que é uma questão que me têm comentado alguma vez. Eu não valorizo se fui ou não uma pioneira.

  • 2014: Tomomi Nishimura
  • 4 Mostre o mais legal de ti
  • Descobrir um autor que não conhecia antes
  • 21 Passos para a vitória de uma amiga

Valorizo a medalha em si, pelo motivo de custa muito conseguir uma e mais em alguns Jogos. Que seja a única medalha olímpica feminina apresenta essa dificuldade. Em charada de encaixes há atletas para todos os gostos, Como a introdução, entre os grandes troféus da minha carreira. Lá está bem colocadita. As pessoas no momento em que me vê pergunta se poderá fazer uma imagem e até já se podem apanhar (risos) eu

Claro, que não vai quebrar! Você Sabe que outra pioneira, a ciclista na pista estónia Erika Salumae, duas vezes campeã olímpica, foi leiloado seus preseas e muitas lembranças de sua carreira pra conseguir dinheiro? Você não tinha ouvido! Espero não ter nunca que comparecer a esse ponto! Não tem nada que ver, diria, nem ao menos pela questão dos treinos, nem ao menos no que diz respeito à competição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error:
Rolar para cima