O Claustro Da UPO Aprova o Plano Estratégico 2019-2019 2

O Claustro Da UPO Aprova o Plano Estratégico 2019-2019

O reitor da Pablo de Olavide, Vicente Guzmán, tem justificado a indispensabilidade de contar com um novo Plano Estratégico para a transformação que está vivendo a educação superior. Pela primeira vez foram incluídos na estratégia universitária um conjunto de valores que atuam como princípios compartilhados por alunos, docentes e pessoal de administração e sob os quais toda a comunidade universitária orienta suas ações. Para formar UPOProyecta foram necessárias inúmeras fases.

O plano inicia com uma proposta do Reitorado de Estratégia, Empregabilidade e Empreendedorismo, a que a equipa de direcção realizou tuas contribuições com base pela avaliação interna e do plano estratégico anterior. Numa segunda fase, de consulta e participação, intervieram os grupos de interesse universitários em uma série de oficinas abertas. Nestas sessões são discutidas e incorporadas propostas pra cada uma das 5 grandes estratégias do plano, provenientes dos computadores, funcionários, alunos e alunos, pessoal docente e investigador e pessoal da administração, tal como corporações e corporações.

Seu enredo centra-se em torno de Stephen Gordon, uma mulher que se identifica como invertida depois de ler o Psychopathia Sexualis de Krafft-Ebbing e vive dentro da subcultura homossexual de Paris. A novela incluía uma introdução de Havelock Ellis e visava ser uma chamada em prol da tolerância com os invertidos, publicando as desvantagens e os acidentes de ter nascido invertido. Hall seguia as teorias de Krafft-Ebbing e Ellis e recusava as de Freud, que afirmava que a atração homossexual era causada por traumas infantis e era curável.

  • Foi a DEA que alertou as autoridades espanholas
  • como Trabalhar tua marca pessoal
  • Maioria jovem – o seguinte 30 %
  • Joe Alexander
  • Como se acede
  • Castigo físico em moças
  • Animais ovíparos (répteis e anfíbios)
  • 3 Retorno da democracia,

Os jornais ingleses divulgaram que o livro continha “relações sexuais entre mulheres lésbicas” e a fotografia de Hall passou a ver de perto todas as histórias sobre lesbianismo postadas pelos grandes jornais ao longo dos 6 meses seguintes. Nos EUA, o decênio de 1920 foi de experimentação social, de forma especial em perguntas de sexo.

O evento estava muito influenciado pelas teorias de Sigmund Freud, que afirmava que a vontade sexual se expressava de forma subconsciente, apesar de desejo do cidadão de ignorá-lo. As teorias de Freud eram muito mais populares nos Estados unidos do que pela Europa. As grandes cidades, com uma existência noturna eram imensamente conhecidos e as mulheres começaram a buscar aventuras sexuais.

A bissexualidade ficou moda, sobretudo nos primeiros bairros gays dos Estados unidos. Nenhum outro ambiente oferecia tantas experctativas ao visitante como o Harlem, bairro de Nova York, habitada majoritariamente por pessoas de origem africana. Esses visitantes eram os chamados slummers, brancos que desfrutavam do jazz e dos clubes nocturnos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error:
Rolar para cima