Suplemento Da Lua 255 - Metro... o que? 2

Suplemento Da Lua 255 – Metro… o que?

Homens, homens. Os americanos gostam mais dos prêmios que os editores espanhóis. Um deles, e com toda certeza não é o mais pitoresco, é o que confere a American Dialect Society de Boston, o elemento mais destacado do ano. Na sua última edição, a competição foi muito dura: de um lado, o ataque preventivo apresentado por Bush; do outro, metrosexual, a nova classe sociológica montada pelo jornalista britânico Mark Simpson. Ao término, a doutrina de segurança da Casa Branca teve que consolar-se com um ambígua menção ao Melhor Eufemismo, sempre que os homens descritos por Simpson se elevavam com uma merecida vitória.

Porque o metrosexual existe e está por todas as partes. “É um homem jovem, com dinheiro, vive em uma metrópole ou a tem ao teu alcance imediato. Só lá veja as mais recomendadas lojas, clubes, academias de ginástica e salões de beldade que você gosta. Você poderá ser hétero, bissexual ou oficialmente gay, porém isto é pouco interessante.

foi tomado obviamente a si mesmo como teu próprio instrumento de atenção e de entusiasmo e até mesmo como sua principal preferência sexual”, escreveu Simpson no teu post revelação, Meet The Metrosexual, a faísca que provocou o incêndio. Publicações como GQ, The Face, Areia ou Vanity Fair, não estão cortando em explorar a fundo. Não hesite, se esta manhã, não tinha nem ideia do que era um metrossexual, dentro de alguns meses, o que irá surpreendê-lo, é que alguma vez o ignoraras.

Os metrossexuais, de maiores, querem ser como Beckham. O espumante para o real é o ícone mais luminoso do novo movimento. Não se trata apenas de que possa ser atraente, rico e um atleta fabuloso. Nem mesmo que se pinte as unhas, se você alterar de penteado todos os meses ou vá sempre vestido de ditado mais exigente da última moda, mas isto já não é mais relevante pro assunto que tratamos.

O que de fato torna o futebolista inglês em um ponto à fração é que não joga com a ambiguidade sexual como fazer Bowie, nem ao menos está medianamente interessado no modelo masculino e, desde dessa forma, é gay. É o metrosexual exato: confessa que se coloca os collants de tua amada Posh e que isto pareça, ou não, viril importa. Para David Beckham, sua formosura é uma arma não só pra conquistar as mulheres, todavia pra seduzir até já o motorista mais obtuso. Mais do que encantador, quer ser o perfeito. Porque EU VALHO A PENA.

“Quando for velho, não me importaria de findar num asilo, pegou a mão de Mark Wahlberg –confessava George Clooney, outro destacado representante da causa que nos ocupa, em uma entrevista entre risadas–. É tão lindo. Fala-Se insuficiente da atração não estritamente sexual que a beleza masculina provoca entre os homens, já que existe um susto atávico que te tomem por homossexual. Eu não possuo preconceito qualquer em discernir que, a toda a hora preferi ter amigos bonitos”.

  • eu Prefiro estar na cama contigo prontamente mesmo
  • Eu Quero Inspirar
  • Capítulo 2×200 (424) – “O Direito À Intimidade”
  • Os beijos que se dão, a todo o momento permanecem… se você muerdes os lábios, o adoro volta

No término, reflexionar sobre o assunto estas feministas que levam décadas e que lamenta que a graça obrigatória tenha sido um empecilho pras mulheres. Não é estranho que neste momento, vejam uma certa justiça poética em uma coisa que bem como nos atinge (aí estão Guti, Fonsi Nieto, Mario Vaquerizo, Jesus Vázquez ou Paulo conta-me Rivero). De acordo com um inquérito recente promovido pela marca de cosméticos Axe, oito de cada dez piás espanhóis considera muito respeitável a sua aparência física pra ligar. Ou que, de acordo com dados recolhidos pelo Injuve no ano anterior, um 82,três % dos mesmos consideram que a tua aparência é uma de suas preocupações fundamentais.

Como reconhece Maria Sulzman, coordenadora de um relatório de RSCG sobre, de amplo embate no mercado publicitário: “Os metrossexuais são também artefato do novo poder das mulheres. Agora se mostram economicamente independentes e podem oferecer ao luxo de ser promiscuas sem desmerecer social. Isto permite-lhes escolher o seu parceiro com superior liberdade, sem ter em conta factores como a segurança ou a constância”.

Porque é que elas também preferem bonitos e bem vestidos. Mas se alguma coisa distingue os metrossexuais é que estão contentes com o novo estímulo feminino. Categorias transversais. Na verdade, este novo padrão masculino não se encaixa em nenhum dos padrões/tags utilizdos até a data. Embora o homem metrosexual é com maior freqüência hétero, visto que bem como é a tendência mais comum.

“Não é uma questão de gênero, mas bem como de estética”, declarou Armani com a imprensa depois de deixar claro a sua nova colecção para homem existe um par de semanas em Milão. Inspirada forma confesa no fenômeno metrosexual, o veterano guru da elegância foi declarado rendido admirador desse novo modo que ele mesmo define como “urbano e surpreendente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error:
Rolar para cima